quinta-feira, julho 24, 2008

Faster, Pussycat! Kill! Kill!

… É a resposta à questão (colocada atrás).

Este é um filme de culto que, tal como o seu realizador Russ Meyer, serviu de inspiração para outros cineastas como Quentin Tarantino, John Waters, …

Aqui vão pequenas amostras:

trailer



genérico (ouvir com atenção!)


cena mais ou menos retratada no vídeo


Este e o outro post vêm a propósito da nota que saiu no suplemento Y do Público da passada 6ª feira (18 de Julho) que referia a existência de rumores (que parecem certos – ver aqui e, de novo, aqui) de que Quentin Tarantino vai fazer um remake deste clássico da Série B.

Ora, depois das referências óbvias no Death Proof (carros em alta velocidade, badass girls ou girls kicking ass, …) , esta re-edição ou re-interpretação (como eu espero) será aguardada com grande entusiasmo.
Este é um remake muito promissor…

2 Bitaites:

Anónimo mandou o bitaite...

Não se iludam, no caso do Russ Meyer os trailers são infinitamente superiores aos trabalhos de longa duração. Por exemplo vendo o trailer do Vixen

http://www.youtube.com/verify_age?next_url=/watch%3Fv%3DTq5SlXWHZuo

quase ninguem se apercebe que o argumento parece ter sido escrito pelo Roupeiro Paulinho após um micro-avc...

Padre Jacinto mandou o bitaite...

faster, pussy cat, kill, kill!!! ai jasus que ela está mesmo possuida pelo demonio...dê ouvidos também ao seu amigo menino desdish, não vê que isso não presta, que é violencia gratuita, que não tem essencia. Ai meu Senhor, que alma errante, chego a pensar que a menina chica é mesmo o demónio em pessoa, que o Senhor me perde!