quinta-feira, setembro 29, 2005

Portugal é um país anglo-saxónico!!!!!

Eu não acredito!
Isto não pode ser!
Estou chocado!
Estou traumatizádo!
Isto não pode ser, não pode ser, não pode ser!!!
Um gajo lá da Alemanha fez uma análise aos diferentes países da Europa, quanto ao desemprego e à pobreza, e fez adoptou as seguintes definições: Um país com...
- taxa de pobreza superior a 16% e população activa inferior a 65% define-se como um país de modelo mediteránico
- taxa de pobreza superior a 16% e população activa superior a 65% define-se como um país de modelo anglo-saxónico
- taxa de pobreza inferior a 16& e população activa inferior a 65% define-se como um país de modelo do Reno
- taxa de pobreza inferior a 16& e população activa superior a 65% define-se como um país de modelo escandinávico

Image hosted by Photobucket.com

Segundo essa definição Portugal é um país anglo-saxónico e não mediterrânico!
Mas será que Portugal é mesmo tão parecido com o Reino Unido???
- Existe uma proporção impressionante da população portuguesa, que trabalha na função pública, muito superior à do Reino Unido!
- A corrupção e as cunhas são uns valores fundamentais da sociedade portuguesa, coisa que não acontece em UK.
- Práticamente ninguém quer ser empresário em Portugal, coisa que não acontece em UK.
- O espírito pioneiro dos portugueses é extremamente reduzido, não existe caracteristica menos anglo-saxónica do que essa.
- Os governos em Portugal são muito menod estáveis do que em UK.
- etc.

Ai se fossemos anglo-saxónicos... não estariamos nesta trapalhada!

MARCELO, O ENGENHEIRO

"Marcelo concluiu esta semana a licenciatura em Engenharia Civil, da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
O ex-avançado da Académica é mais um brioso atleta a comprovar que quando existe dedicação e persistência é possível conciliar a carreira desportiva com a formação académica.
A ele os nossos parabéns e votos dos maiores sucessos profissionais na construção da sua carreira" in sitío da Briosa

Parabéns Grande Marcelo, acautelem-se pontes e viadutos do nosso país ele ai vai!!

quarta-feira, setembro 28, 2005

Será que ele não vê????

O
AVISO: "Avisamos os espectadores mais sensíveis que o post seguinte tem imagens que podem ser consideradas chocantes". (Ainda não é como na SIC e TVI, que tem a idade recomendada... é o que se pode fazer!)

Antes de mais, um olá a todos! Há já algum tempo que andava arredado das lides do postanço... Já sentia uma certa saudade de escrever para o blog. Umas vezes porque não tenho tempo, outras porque não tenho net em casa, outras ainda porque não me sentia à altura, dada a qualidade dos textos que têm sido publicados (!!!) por toda esta bela "equipa de redacção". Mas...

Há momentos que um homem não se pode calar! Será que só Ronald Koeman, durante o jogo de ontem, não viu que Beto era um "duque" numa boa "mão" em que até tinha alguns "trunfos"?? (que saudades também de uma tarde bem passada no bar a jogar uma cartada, acompanhada de um finito ou SuperBock).
Não vou ao extremo do Parreira, que pede já a sua cabeça, mas o homem precisa que alguém lhe chame a atenção um pormenorzito ou outro...
Sejamos sinceros:
"O que é" Beto?
Uma nódoa!
Percebo que ele esteja no plantel para o caso de ter de substituir um colega mais dotado e contra um Penafiel, um Estrela da Amadora.
Entende-se...
Agora, contra o Manchester??? Titular??? Ter uma actuação "desastrosa" e não sair senão perto do fim??? NÃO!!
Assim não se entende...

E para quem, como o Sr. Koeman, diz que gosta de um futebol de ataque, acagaçar-se daquela maneira, a ponto de trocar Miccoli por João Pereira...

Como já escrevi acima, Koeman precisa que alguém o auxilie, seja falando com ele, ou fazendo o mesmo que demonstro na foto seguinte, com intuito de o pôr a ver melhor...

terça-feira, setembro 27, 2005

Tése

Um professor deu aulas a uns caloiros recém-chegados à universidade e começou pela lógica. Primeiro ele explicou o que se entendia por uma tése: "Uma tése é uma frase, cujo contúdo ou é verdadeiro ou falso. "
Ele deu como exemplo a frase: "O Carlos está doente. "
Neste momento ele lembrou-se, que ele precisava de uma pessoa viva com o nome Carlos, ao qual se referia a frase. Porque caso contrário a frase nem podia ser classificada como verdadeira nem falsa, ou seja não seria uma tése.
Para reparar rápidamente a asneira que ele fez, ele perguntou à salal: "Existe aqui alguém que se chama Carlos?"
Silêncio durante alguns segundos!
Depois uma voz de uma bancada mais atrás: "Ele está doente!"




P.S: Retiro tudo o que alguma vez tenha dito em favor deste homem.

Uma carta de condução politicamente correcta

Image hosted by Photobucket.com

segunda-feira, setembro 26, 2005

sinais dos tempos

Antes, no kit caloiro, davam canetas.
Agora dão pen's (de 64 Mb).

Homenagem a Tochã e a mais alguém

Mal terminou a leitura do excelso texto do tocha, a minha consciência ficou de imediato apoderado por uma ideia que ,contrariando um hábito lamentavelmente incrustado no meu quotidiano a alguns anos, compulsivamente foi transmutada em papel.
Nela não devem ser entendidas um vontade de resposta ou mesmo um infantil espírito de competição; não lhe será no entanto tão alheia o desejo de utilizar, também, este blog com espaço de criação. Fica aqui o meu exercício no puro estilo do texto de baixo

-Um pouco mais abaixo.
-Mais à direita?
-Sim…aí
- Portanto toda esta zona!! O que sente exactamente quando carrego aqui: :menos o objecto da ira de uma horda de vespas despeitadas que um processo corrosivo destinado a dar macieza e brilho a rochas ornamentais?
-Sim rochas calcárias , esféricas de uma alvura enfatuada…
-Dizia-me que foi pelos 5 anos quando pela primeira vez sentiu estas moléstias.
-Sim, e desde então têm sido uma presença familiar da minha rotina.
-Tendo nas últimas semanas deixado de fazer caso dos limites do suportável…
-Exactamente… Já sabe o que é?
-Preciso ainda de alguns exames complementares para ter a certeza mas apresenta o quadro sintomático de uma inveja comum.
-Inveja? Isso não é uma doença crónica.
-Até à pouco tempo sim…Temos no entanto experimentado um novo tratamento com o que temos obtido resultados promissores na maioria dos pacientes. É um tratamento relativamente simples e exige um período de convalescença curto….Consiste em espetar um bisturi na veia jugular do paciente e esperar que ele expire convulsionado com a sangria mortal….Não sei se estou a falar muito depressa
-Não, não, penso que o compreendi. Quando poderei começar o tratamento?
-Imediatamente, Não tem alergia a antibióticos?
-Não
-Não sofre de hipertensão ou de outros problemas cardíacos?
-Também não
-Diabetes?
-Não
-Não está apaixonado?
-Por acaso estou um pouco…
-Então vai carregar todo o sofrimento do mundo até que o chão o degluta, carcaça miserável

domingo, setembro 25, 2005

Missangas e lantejoulas

Image hosted by Photobucket.com

- Deixaste a porta aberta.
- Estou à espera que algo chegue sem avisar.
- Gosto da saia. Pena as missangas e lantejoulas pensarem fugir.
- Elas não fogem, apenas se ausentam momentaneamente à tua vista.
- Aguarda-las?
- São minhas, e não têm intenção de me abandonar!
- Sim, também não me passa pela cabeça serem obrigadas a ficar, por ti.
- Bem, que não se fale mais nisso!
- E ela? Ainda não deu sinais?
- Não.
- Nem depois do que lhe mostraste?
- Uma saia sem brilho, num corpo embaciado.
- Pois…é possível que tenhas razão, talvez lhe dê vontade de rir.
- Se calhar.
...

Para os convivas de ontem, apaixonados ou desapaixonados que estejam, com muito amor!

sexta-feira, setembro 23, 2005

No comment

"O ex-presidente da Câmara de Lisboa Pedro Santana Lopes vai receber a partir de Outubro uma pensão de 3178 euros, segundo uma listagem da Caixa Geral de Aposentações a que a Lusa teve acesso.", from O Público

urge um velho e mítico grito...

Sindicato p'ra Polícia!

quinta-feira, setembro 22, 2005

Fátima Felgueiras regressou :)

Talvez o "Come-Back" do ano aqui em Portugal!
Penso que este texto de José Manuel Fernandes do Público é uma opinião consensual sobre este regresso espectacular.

"O país assistiu incrédulo ao regresso de alguém que é acusado de corrupção passiva, abuso de poderes e peculato, que fugiu à justiça, que desafiou de forma acintosa as regras do Estado de direito, para no final verificar que é possível fazer isto tudo e sair em liberdade. Mais: concorrer ainda a um lugar público, o mesmo onde terá cometido os crimes de que é acusada".

Portugal no seu melhor...

quarta-feira, setembro 21, 2005

porque é dia internacional da paz...



O rosto da guerra
Salvador Dalí, 1940

1º post...

...com o moreira em rede.

Após longas noites de experiências falhadas, parece que desta é de vez. Esperemos...

terça-feira, setembro 20, 2005

Jantamos?

Este fim fim de semana (preferia na sexta mas não me oponho ao sábado)?
Aveiro?
Digam qualquer coisa…
Vá, estou com pressa …
Abraços e beijos…

segunda-feira, setembro 19, 2005

SPOT HOT !!!

Image hosted by Photobucket.com Image hosted by Photobucket.com
Image hosted by Photobucket.com Image hosted by Photobucket.com
....

A brasa de Miranda do Douro.
...
se quiseres figurar no Spot Hot envia um email, com a tua residência e as tuas melhores fotos para kastello@blogspot.com

domingo, setembro 18, 2005

O Mastro

Image hosted by Photobucket.com

O Alto do Parque Eduardo VII recebeu, no dia 11 de Setembro, uma mega bandeira de Portugal, oferecida à cidade pela Ambelis - Agência para a Modernização da Base Económica de Lisboa, numa cerimónia que contou com a presença do presidente da Câmara, António Carmona Rodrigues, do ex presidente, Pedro Santana Lopes, e do presidente da Ambelis, João Pessoa e Costa.

O blog Ex-ku-malha esteve lá e aproveitou a ocasião para entrevistar Santana Lopes.
SANTANA LOPES RESPONDE AO JORNALISTA DO EX-KU-MALHA.

Qual é, para si, o cúmulo da injustiça?
Dizerem que eu não tenho estatura para Presidente da República.

– Onde gostaria de viver?
No Palácio de Belém.

-O seu ideal de felicidade terrestre?
– Viver rodeado de mulheres facilmente descartáveis.

– Qual a personagem histórica que mais admira?
– Casanova.

– E a sua heroína preferida, da ficção?
A«Garganta Funda».

– Sabe quanto pesa?
– Sou um peso pesado na política portuguesa.

– Que tipo de literatura prefere?
– Os livros do Marquês de Sade.

– Que atitude admira mais no homem comum?
Que vote em mim.

– E a qualidade que mais aprecia na mulher?
Umas boas mamas e umas boas pernas.

– Quem gostaria de ter sido?
D. Juan Tenório.

– Qual é o seu prato favorito?
– Lagosta.

– Que bebida prefere?
Don Perignon.

– Qual o animal da sua simpatia?
– O Faisão.

– Que fruta prefere?
– Uns bons marmelos.

– Qual é o maior estadista português?
– O Marquês de Pombal.

– E o maior estadista vivo?
– A modéstia não me permite nomeá-lo.

– E o político que considera mais nocivo para o País?
– Jorge Sampaio.

– Tem algum sinal particular?
– Todas as minhas amigas podem descrevê-lo.

– O que lhe dá mais prazer fora da política?
– Jogos de alcova.

– E fora da cama?
– Demitir vereadores da esquerda.

– Qual considera a sua principal qualidade?
– O meu ar engatatão.

– E o seu maior defeito?
– Não tenho.

– Que revistas costuma ler?
– A Caras, a Vip e a Lux.

– Tem alguma íntima ambição?
– Ter uma estátua no Parque Eduardo VII, idêntica à do Marquês de Pombal mas rodeada por ninfas e sereias.

Foi a entrevista possível com o Drº Santana Lopes! Para a semana publicaremos outra entrevista, com outra personagem de vulto da nossa sociedade! Ou não! Pois ao ritmo que este blog está, até poderá ser já amanhã! Ou esta noite!

GEO POWER !!!!!!

...
Engenharia Geográfica da UC, o segundo classificado no ranking das médias de acesso ao ensino superior, a par com Medecina no Inst. de Ciências Biomédicas de Abel Salazar .....(185,3).
...

Alegre Imortalizado

Image hosted by Photobucket.com
Vendo a da estátua de Manuel Alegre, fiquei maravilhado. A estátua tem algo que vai do Brutus romano ao Super-homem vindo do planeta Kripton.Francisco Simões, o autor da estátua, construiu uma verdadeira obra de arte. Conseguiu nela aplicar a verdadeira dialéctica hegeliana; coisa da arte que anteriormente somente tinha sido obtida por António Variações com a sua estética musical de Nova Iorque a Braga. De Nova Iorque a Braga; de Brutus ao Super-homem; estéticas artísticas somente capazes de serem conseguidas por artistas de verdadeiro talento.Mas não há dúvida de que a figura da estátua assusta um pouco. Parece que os olhos da estátua querem fuzilar alguém. Será Mario Soares? Este simbolismo escultórico fica de génese e intenção duvidosas. Até a pose de Lenine lá está. Ora tal simbiose (Brutus, Super-homem, e Lenine) é verdadeiramente assustadora. O patrono, Carlos Encarnação po-la no parque da cidade! Belissima Estátua...

Tó leal.

Um caramelo !!! (Galerias Gildo - Fuentes de Oñoro)

...
Image hosted by Photobucket.com
...
Este senhor nos bastidores da Sic Notícias fez um "comment" completamente delecioso. Disse o óbvio, e que todos os informados já sabiam, é certo, mas DISSE-O!
Presto-lhe aqui Babada homenagem.

Boa Tarde!
– Boa Tarde….Diga.
– Queria uma água com gás.
– Fresca ou natural?
– Fresca.
– Com ou sem sabor?
– Pode ser de limão.
– Frieze limão, Castelo Bubbles, Carvalhelhos limão?
– Sei lá, traga-me uma qualquer…Frieze
– Frieze limão já acabou….Pode ser morango, tangerina ou maracujá?
– Esqueça…traga-me umas Pedras…..
– Fresca ou natural?
– Fresca…..
– Com ou sem limão?
– Sem
– Normal ou levíssima?
– Quem?
– Normal ou uma nova que saiu, que é mais leve….
– Meu amigo, traga-me uma Bohémia e esqueça o resto….
– Sagres Bohémia não temos. Só temos normal, Preta e Zero.
– Então traga uma Superbock.
– Garrafa ou imperial?
– Garrafa.
– Superbock normal, Green, Twin ou Stout?
– Fdx… que já perdi a sede….

País e Estado

O que está mal na nomeação de Guilherme d"Oliveira Martins para presidente do Tribunal de Contas não é, como toda a gente já sublinhou, a figura do próprio. Excelente seria se, emergindo da sociedade civil, onde sempre se destacou pela sua competência, seriedade, cultura e civismo, este ou qualquer outro governo o tivesse ido buscar para o Tribunal de Contas. Porém, onde o Governo o foi buscar foi à bancada parlamentar do seu partido, de que é vice-presidente, depois de ter sido ministro da Educação e das Finanças do anterior governo PS. Esta funcional diferença faz toda a diferença política: um homem do PS foi nomeado presidente de um órgão cuja principal função nos próximos anos vai ser a de vigiar a legalidade das contas públicas do Governo PS. À luz deste simples enunciado dos factos, só podemos ficar tranquilos porque ao Governo não assiste a faculdade de poder nomear os presidentes do Supremo Tribunal Administrativo, do Supremo Tribunal de Justiça ou do Tribunal Constitucional. Felizmente, não vivemos ainda na América de Bush, mas roça quase os limites da desonestidade intelectual pretender ver nesta nomeação de Oliveira Martins um acto corrente de gestão e uma garantia de acrescida independência do Tribunal de Contas. Não que ele não venha a ser, como se espera e deseja, um presidente independente de um órgão que deve ser ferozmente independente. Mas a questão não é de subjectividade, mas de objectividade: quebrou-se mais uma barreira na fronteira que devia separar o que é do Estado do que é do partido. Para já, e a apalpar terreno, quebrou-se a fronteira escolhendo alguém que, por si, não merece críticas; mas, uma vez aberta a porta e quebrado o principio da separação de águas, ninguém sabe o que se poderá seguir.Simultaneamente, ficámos a saber que também António Vitorino foi escolhido para representar interesses do Estado na Galp e o escritório de advogados de que faz parte escolhido para ser consultor permanente da Galp. De novo, não é a competência do escolhido que está em causa, mas sim a compatibilidade dessas funções com as de deputado da nação e, acima de tudo, os efeitos de mais um exemplo da nefasta promiscuidade de interesses cruzados dos advogados-políticos. Seria altamente esclarecedor para a opinião pública termos acesso à lista dos escritórios de advogados que, neste e nos mais recentes governos, beneficiaram de contratos de consultadoria, avenças, ou patrocínio de causas, de ministérios, empresas públicas e governos regionais. Lá encontraríamos desde o maoísta Garcia Pereira ao serviço do Governo de Alberto João Jardim, até aos mais prestigiados escritórios de advocacia de Lisboa - em alguns casos, cuidadosamente organizados de forma a abrangerem todo o leque partidário do poder, de modo a estarem sempre em condições de oferecerem os seus serviços a qualquer governo, qualquer empresa pública ou qualquer autarquia. Eles representam uma despesa pública anual que alguém já estimou num mínimo de 25 milhões de euros. Mas representam muito mais e muito mais caro do que isso: tráfico de influências nos grandes contratos de fornecimento ou obras públicas, seja para construir uma auto-estrada, comprar material militar ou adquirir novos aviões para a TAP; doutos "pareceres" que legitimam, a favor das autarquias e dos interesses imobiliários, aberrações urbanísticas em tudo contrárias à lei; consultadoria em negócios celebrados por empresas públicas, bastas vezes ruinosos e muitas vezes sem que se chegue a entender o interesse da consultadoria. Depois, os senhores políticos-advogados, saem do governo ou dos centros de poder onde estavam e vão parar aos escritórios de advogados com quem negociaram em nome do Estado, e outros senhores advogados saem do escritório e vão parar ao governo ou às administrações das empresas públicas, e assim o circuito nunca se interrompe, a benefício de todos. É facto que não são muitos os casos, nem as pessoas envolvidas. São uns happy few, cujo número e importância será apenas uma rubrica despicienda nos males de que o país sofre. Portugal não se torna ingovernável porque o Governo Sócrates descobriu em Fernando Gomes um especialista em petróleos africanos ou porque reconverteu Armando Vara de director da segurança da Caixa Geral de Depósitos em administrador responsável pelo crédito às empresas. Mas é o que essas nomeações significam, o sinal que elas enviam de partidarização completa dos interesses do Estado, que são claramente entendidas por todos como o estabelecimento das regras do jogo. E o jogo é sujo e as regras são inaceitáveis numa democracia limpa. Na minha maneira de ver as coisas, é justamente nestas "pequenas" questões que a influência do Presidente da República deveria ser determinante, estabelecendo logo à partida, regras de jogo aceitáveis com o primeiro-ministro em funções. Mas - e a seu tempo voltarei a este assunto - foi aqui, exactamente, na capacidade de estabelecer um clima saudável na vida pública e política do país, que Jorge Sampaio falhou rotundamente, assistindo e, de facto, presidindo a dez anos de degradação sistemática da vida democrática em Portugal.E é por isso também que, num momento em que todos os portugueses compreenderam já que o sequestro da democracia levado a cabo pelos partidos - no governo, nas autarquias, nos organismos públicos - é, talvez, o mal principal do país, se torna desmoralizante que estejamos a avançar para umas eleições presidenciais totalmente abafadas pelos directórios partidários. Foi isso, por exemplo, que Mário Soares não compreendeu e daí que, em lugar de suscitar um sobressalto de esperança, a sua candidatura e as circunstâncias em que foi lançada, tenham, sim, dado origem a um agravar do descrédito e da esperança. Pena que tenha confundido cortesões com conselheiros e que agora se veja na pior das situações: a caminho de um combate sem sentido nem grandeza e de uma derrota sem remissão.

Miguel Sousa Tavares.

quarta-feira, setembro 14, 2005

Classificados

in "Publico" 9/09/2005

terça-feira, setembro 13, 2005

velho Kastello

Em resposta aos camaradas aqui vão duas fotos.
Uma vem alguns posts atrasada, certo calimero?
Image hosted by Photobucket.com
e a outra comemtem voces, procurem caras conhecidas a qualidade não é boa não tinhamos máquinas digitais porque ainda não tinhamos um governo social democrata, eram tempos difíceis!!!! e o meu scaner deve ter algum pó.
Image hosted by Photobucket.com

Patrocinador!

Image hosted by Photobucket.com
A cerveja Sagres aceitou patrocinar o blog ex-ku-malha! Depois da selecção Nacional a sagres aposta na calhandrice!
Haverá prémios todas as semanas em tua casa! Para tal basta comprares uma grade de cerveja sagres e convidares os teus amigos!

segunda-feira, setembro 12, 2005

Kastello!

Image hosted by Photobucket.com
Lembram-se do Kastello? Com certeza que sim!
Então, aqui vai um pequeno desafio!
Desafio os leitores deste blog a disertarem sobre momentos vividos nessa bela casa!
Se isto não animar este espaço de certeza que nada o fará! Todos tem estórias para nos contar! Contem-nos a sua versão! O seu ponto de vista! Publiquem fotos! (Decentes).

sábado, setembro 10, 2005

nasceu um mito



Os duros tambem se abatem.
Albano Taborda Curto Esteves, mais conhecido for Tarzan Taborda, faleceu hoje vitima de ataque cardiaco.
Personagem impar no desporto nacional, marcou uma geracao, que curiosamente nao foi a que o viu lutar (e, claro, vencer), mas a geracao que o ouvia falar dessas lutas. Inolvidavel...
Para alem desta actividade de comentador, que o celebrizou, Tarzan Taborda foi várias vezes campeão europeu e mundial de luta livre, obteve o segundo lugar como Mister Europa, foi bailarino no Lido de Paris e duplo de cinema em Hollywood onde contracenou com conceituados actores como Brigite Bardot, Alain Delon ou John Wayne.

Sentimentos a familia e ao Antonio Macedo.

sexta-feira, setembro 09, 2005

EDITORIAL (sem editorização)

...
Image hosted by Photobucket.com
...

Em progressão por caminhos sinuosos, que serpenteiam uma montanha semi-oca e labiríntica, onde apenas algumas se atrevem a entrar - pois existem as só de superfície -, mesmo que apenas para um espreitar tímido - muitas vezes ridiculamente, é certo - tentam fazer o percurso mais belo possível antes de atingir o cume, para agradar a um júri, sem silhuetas definidas mas que todas acreditam existir. Existem ainda, aquelas que continuam no seu sopé, observando as outras a formigar, com ajuda de lunetas, umas mais pitosgas que outras.
Entre estas - ambas - existem caçadores fortuitos. Como todos os caçadores - até na espécie humana - são engraçados e bonacheirões, convivas muito divertidos; se com comportamento olímpico.
Vestem de uma forma que faz o estilo tanto maior quanto mais bolsos - notáveis ou camuflados - tiverem.
As que não o têm - o comportamento olímpico -, assumem bigodes grandes, cerrados e esbranquiçados, tanto maiores, mais cerrados e esbranquiçados, quanto mais bolsos - notáveis ou camuflados - comportarem, distintos dos demais.
Todas estas algibeiras e formas lhes crescem para dentro, de um modo intravenoso, por isso ocupam grande parte do seu tempo livre a jogar uma espécie de, quem é quem, ou o quê? Revelasse-lhes bastante encantador.
O melaço, esse, fica para um dia em que se atreverem a uma expedição, só de ida sem volta, como as outras colónias, que vão e voltam.
...
E que tal o tão aclamado leitãozito, com a batatinha assadinha e vinhinho, num gandenique na Mata do Choupal, Mira ou na Tocha, num sabado destes quaisquer?
P.S. Também aceitamos ajudar às vindimas do pessoal !

Passatempo ex-ku-malha




Temos dois magnificos finos (ou ginger ale) para oferecer.
Para se habilitarem, basta escrever uma frase criativa que legende, ilustre ou simplesmente tenha como suporte a fotografia de cima.
Respostas até 12 de Setembro. Prémio a ser entregue no próximo RVA ou festa3

Participa!!!!

quinta-feira, setembro 08, 2005

Um rebuçado !

Image hosted by Photobucket.com

Este senhor acaba de dar uma entrevista à Sic Notícias (já o tinha feito também à Antena1), completamente deleciosa. Disse o óbvio, e que todos os informados já sabiam, é certo, mas DISSE-O!

Presto-lhe aqui, singela, homenagem.

La serpente canta


Na mortalha alheia não temos mais que fazer
Bernadim Ribeiro


Diamanda galás dia 18 na casa da música
Inscrições no 964084965 (limitada ás 100 primeiras)

Não terei pompas nem pasmos
Nem a estátua que lastima:
E hão-de mandar pôr-me em cima
Uma cruz dos teus sarcasmos
Gomes Leal

Coimbra de Capa e Batina!

Image hosted by Photobucket.com
Verdes são os campos
Verdes são os campos,
De cor de limão:
Assim são os olhos
Do meu coração.

Campo, que te estendes
Com verdura bela;
Ovelhas, que nelaVosso pasto tendes,
De ervas vos mantendes
Que traz o Verão,
E eu das lembranças
Do meu coração.

Gados que pasceis
Com contentamento,
Vosso mantimento
Não no entendereis;
Isso que comeis
Não são ervas, não:
São graças dos olhos
Do meu coração.

Luís de Camões

Neste caso, verdes esram os campos de Coimbra do meu coração...

Velho

quarta-feira, setembro 07, 2005

Presidenciais!

Image hosted by Photobucket.com
Em inícios de 2006 o país vai defrontar-se com as eleições presidenciais, no qual se irão bater dois históricos da nossa política! São eles Cavaco e Soares!
O primeiro, foi ministro das finanças e primeiro ministro durante dez anos! O segundo também já foi primeiro ministro e presidente da republica! Este dois dinossauros da politica estão de volta para um dos mais aguardados embates políticos!
Não me irei pronunciar sobre a minha tendência de voto porque julgo que já sabeis qual é! No entanto eis algumas características dos visados:
Soares é gordo, cavaco é magro!
Soares tem cara de bolacha, cavaco tem cara de pau!
Soares anda em cima de tartarugas, cavaco sobe coqueiros!
Soares já foi fixe, cavaco comeu bolo de rei com a boca aberta!
Soares é velho, cavaco não é propriamente um jovem!
Soares a andar de elefante na India...
Soares a falar francês...
Soares, na altura Presidnte da República, numa Presidência Aberta quer experimentar um engarrafamento em Lisboa na hora de ponta. Um GNR apercebe-se que é o autocarro presidencial e tenta abrir o trânsito. Mário Soares manda-o chamar e diz: 'Ó Senhor Guarda, Desapareça! Desapareça homem!'
Está aberto o debate!
Alexandre Areias.

sábado, setembro 03, 2005

Conversa entre um Homem comum e um Lógico

Uma convesa num bar entre um homem comum (H) e um estranho (E):
H: "Você é um Lógicista??? O que é isso??"
E: "O.k. eu explico: Tu tens um aquário?
H: "Sim ..."
E: "Então estão com certeza peixes lá dentro!"
H: "Sim ..."
E: "Se estão peixes lá dentro, então gostas tambem de animais."
H: "Sim ..."
E: "Se gostas de animais, então tambem gostas de crianças."
H: "Sim ..."
E: "Se gostas de crianças então tu tens prório filhos..."
H: "Sim!"
E: "Se tu tens filhos então tambem tens uma mulher."
H: "Sim..."
E: "Se tens uma mulher então amas mulheres."
H: "Sim..."
E: "Se tu gostas de mulheres então não amas homens!"
H: "Lógicamente!"
E: "Se tu não amas homens, então não és paneleiro!"
H: "É verdade, INCRÍVEL!"

O estranho vai-se e vem um amigo (A)...
H: "Olha tenho de te contar uma coisa: Eu encontrei agora um Lógicista!"
A: "Um QUÊ?"
H: "Um Lógicista. Eu explico-te...tens um aquário?"
A: "Não..."
H: "Paneleiro de merda!"

sexta-feira, setembro 02, 2005

Baltazar ama-vos!

Image hosted by Photobucket.com

Notícia Triste (mais uma)

Morreu R. L. Burnside, esse grande senhor do blues.
Depois da destruição do património histórico e artístico da zona baixa de New Orleans, por intervenção do Katrina, o mundo do blues e do jazz tem outro motivo de luto...
(os dois acontecimentos não estão relaccionados - o Sr. Burnside morreu no hospital de Memphis aos 79 anos, parece que nunca recuperou devidamente de uma intervenção cirúrgica ao coração realizada em 99).

"One of the greatest of the living delta bluesmen (...). Burnside rocks and grooves"...

... agora já não...

... não chegou a vir tocar no Coimbra em Blues...

INVASÃO!!!

Este é um post de cariz recolector, tendo já feito parte de outro blog, está aqui a ser largado por uma usurpadora (infiltrada através da Chica de Moebius).

Tendo o calimero revolvido as memórias deixo aqui a crítica mais problemática da história desse grande periódico que é 'A Cabra':

[ok! e agora...para algo completamente diferente]

três anos depois da obra-prima, os radiohead saciam a incontrolável sede dos fãs e críticos de música que elegeram “ok computer” como um dos melhores álbuns de sempre da música moderna, e cortam drasticamente com o passado, operando uma viragem na sua música e na forma de a produzir.“kid a” não é definitivamente um álbum fácil.
para os mais acomodados, tornar-se-á complexo discernir a cadência taciturna dos radiohead de sempre, pois a dissonância aliada ao experimentalismo electrónico cria ambiências tão tétricas como dançáveis que alargam os horizontes musicais da banda e elevam as expectativas no que respeita ao seu rumo.os apontamentos atmosféricos de “ok computer” transmutam-se num som etéreo, como que guiados por um metrónomo destrutivo que a destempo vai tornando as melodias atónicas mais abstractas num espaço mental em declínio.
em “the national anthem”, o “loop” do baixo serve de base a uma parafernália instrumental que lembra o caos industrial de uma música mais futurista; enquanto “idioteque” alia a voz monotónica de yorke a várias sequências rítmicas aparentemente lineares.
“how to disappear completely” é, a par de “optimistic”, o que neste álbum mais se aproxima dos trabalhos precedentes, essencialmente devido à presença vincada dos arranjos orquestrais de jonhy greenwood.ao quarto álbum de originais os radiohead subvertem o pop-rock, recriam a electrónica e mantêm a esquizofrenia.


radiohead : kid a : # 03 the national anthem [ao vivo em chicago] [emi 2000]

[por fdv e tjm, com especial contributo de ni: originalmente para o jornal a cabra # 61, outubro de 2000]

Ni

quinta-feira, setembro 01, 2005

Ex-ku-malha : Golden Moments vol1

Monografia das festas surpresa

Aproxima-se o aniversário ,daqui a um mês, de uma das entidades mais importantes na iconografia da ex-ku-malha…as festas surpresa.
As primeiras referências às festas surpresas datam de 99 (acho). O Contexto não podia ser mais conivente: o aniversário do então puto radical Telma Parreira, na altura um adequado misto de inocência e credulidade. Um meticuloso trabalho de preparação e uma inexcedível execução -que incluiu uma celebre manobra de diversão naquele salão de jogos da praça da republica – levaram um Parreira, absolutamente purgado de desconfiança, para a porta da sala do castelo .Nem uns perturbadores murmúrios do outro lado da porta -«Ele tá aí» repetiam incessantemente – lhe quebraram a natural placidez do rosto . Depois luzes acesas, corpos projectados e o capital «Surpresa», desaguando na mais seminal de todas as festas do Castelo - O Parreira, como lhe competia, chorou.
Penso que pouco tempo depois o número foi repetido com relativo sucesso numa festa do Velho mas o fulgor do primeiro dia apareceu já um pouco embotado.
Depois o inevitável declínio: numa festa dedicada à Célia foi por demais visível o esforço, inconsequente, desta por mostrar qualquer vestígio animador de perplexidade; um interessante vídeo com dedicatórias do pessoal acabou por evitar o desastre (inesquecíveis as dedicatórias do Sérgio e da dupla Patrícia/Filipe).O Horror ,no entanto, chegaria pouco depois: um simulacro de festa surpresa foi tentado com o João perante a evidente indiferença deste. Seria este o prólogo do seguinte estádio de desenvolvimento das festas surpresas: aquele em que as pessoas , de maneira mais ou menos velada, pediam festas surpresas para si próprias.
Já moribundo, o conceito de festa surpresa acabaria por sucumbir definitivamente durante o célebre incidente com adeptos do Dundee United na festa surpresa do Clérigos em Edimburgo.


No próximo Ex-Ku-malha golden moments: Pedro Conde o Homem por detrás do mito