sexta-feira, maio 18, 2007

e se a académica perder, o belenenses empatar e o aves ganhar...

É a combinação de sonho dos benfiquistas para este fim de semana. Porém, nenhum benfiquista ousa afirmar, nesta fase, que ainda vamos ser campeões. Dizem que é muito difícil o Porto empatar, quanto mais perder, com o Aves e que o Sporting está com muito power, para não ganhar ao belenenses. Mais, que nem é claro que o Benfica ganhe. Dizem, mas será que pensam? Ou pensam que o Porto anda com muita pressão, entra altamente nervoso nos jogos, é capaz de não conseguir marcar cedo, o nervosismo vai aumentando e o aves é capaz de marcar num livre, até porque o professor Neca quer ficar na primeira.? Será que pensam também que o Belenenses até tem estado a jogar bem é que é muito capaz de travar os minutos iniciais do Sporting (e o resto do jogo)? E que o Benfica vai ganhar facilmente, entrando a marcar cedo e colocando pressão inicial nos 2 outros estádios??
Ele há benfiquistas para tudo...
Pelo sim pelo não, o cachecol está pronto...

6 Bitaites:

Anónimo mandou o bitaite...

Esta epoca só assisti a algumas partes de pouquissimos jogos daí ter de prescindir prescindir do deleite de esmagar mais uma teoria do unico membro masculino do clube de fans do Hugo Leal. Queria centrar-me mais na própia filosofia do texto, a onda que faz dos treinadores os mordomos do futebol( por aquela cena de os mordomos nalguns policiais mais antigos seem sempre os culpados).
Mais do que citar estatisticas sobre a ineficacia da maioria das chicotadas psicológica, queria sobretudo louvar sagacidade do modelo inglês: escolhe-se um treinador com perfil adequado e entrega-se-lhe um projecto de longo prazo para treinar.

Anónimo mandou o bitaite...

Vantagens: um treinador com a corda no pescoço tem menos cuidado na hora de alinhar jogadores lesionados; não se pode dar tanto ao luxo de experimentaar jovens só para lhes dar confiança; pode preferir contratar essencialmente jogadores mais velhos, fica com o primeiro modelo de jogo que funciona e não procura um ainda mais adequado; serve de alvo predilecto dos treinadores de bancada e dos comentadores, permitindo aos jogadores, muitas vezes os principais culpados,sair ilesos de criticas (sté se atingir determinado grau de calamidade é certo-e sim estou a pensar no Nuno Gomes).


Treinadores a longo prazo e tecnologias a ajudar os arbitos,JÁ!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Desdichado

Anónimo mandou o bitaite...

Ups
estes comments eram destinados post de cima Ccara do messanger de nvergonhado)

Tóchã mandou o bitaite...

belo post; digo eu que não um chavelho de futebol este ano, e os que vi foram através da internet numa janela nada virada ao mar. Talvez por falta de informação tenho uma imagem na cabeça deste campeonato que não foi sequer aligeirada.

1- Mão de Roony (EVIDENTEMENTE)- Talvez Bento andasse à procura de um jogador que conseguisse defender atancantes que marcam golos livremente com as mãos. Como não é bento, na sua ingenuidade, rodou, rodou e não encontrou. Se tiveres alguma opinião para dar ao rapaz de risco ao meio, de como um treinador se pode defender disso, ele ficará eternamente agradecido.

Se há treinadores e treinadores, opcções e opçoes, também ha golos e golos, pontos e pontos que em fracções de segundos se extrapolam* para campeonatos...

* extrapolar** - generalizar sem grande rigor, a partir de uma amostra;

** amostras de quinze anos, neste caso

parreirex mandou o bitaite...

treinadores a longo prazo, sim senhor. mas bons treinadores, se faz favor. De qualquer forma, acho que o Sporting vai tentar fazer isso com o Paulo Bento. Já no Benfica e no Porto não me parece.
Em relação à questão dos treinadores serem os mordomos do futebol, claro que não é sempre assim. O professor Neca, por exemplo, não pode ser culpado por o Aves não ter ganho o campeonato. O que pretendi mostrar neste post - aliás no de cima - é que estes três tiveram francas oportunidades de o fazer (ou por terem melhores planteis, ou por demérito dos outros) e que falharam nas estratégias para o conseguir...

Quanto às tecnologias para ajudar os árbitros sou um pouco reticente... Sou daqueles que acham que o Futebol cientifico, sem erros, polémicas e conversas dos dias e semanas seguintes não tinha grande piada. Mas acho que alguma coisa mais podia ser feita...

Patty mandou o bitaite...

«Sou daqueles que acham que o Futebol cientifico, sem erros, polémicas e conversas dos dias e semanas seguintes não tinha grande piada.»

Buh afinal o Jorge Jesus é apenas «o penultimo dos empiricos».. E eu que o tinha adicionado no hi-five por isso...