sexta-feira, maio 18, 2007

como perder um campeonato (por 3 treinadores)

Um campeonato emotivo sim senhor, interessante. Como não me lembro. Seguindo aquelas teorias do nivelamento por baixo, bla, bla, creio que este campeonato vai, de qualquer forma, ser perdido por 2 treinadores (e não ganho pelo outro...)

Jesualdo Ferreira
Nunca, em 30 jogos do campeonato, repetiu o mesmo 11. Muitas vezes devido a lesões e castigos, é certo, mas outras apenas por estranhas opções de trocas de laterais, meter laterais a médios, centrais a laterais e afins, sem necessidade aparente. Adriano, o salvador actual do Porto, esteve para ser dispensado e andou meia época afastado até do banco. Lucho pode estar de rastos, não se mexer, mas joga sempre. Foi demasiado impositivo no seu 4*4*3, não percenbendo que nem sempre era o sistema que melhor servia a equipa. Demonstrou instabilidade, nervosismo e falta que controlo no balneário, o que não era espectável de um treinador com a sua experiência.

Paulo Bento
Andou 2/3 da época para acertar com a equipa, que já conhecia há mais de um ano... Andou com a estória da rotatividade sem qualquer explicação nem beneficios. Miguel Veloso saiu da equipa numa dessas rotações para dar lugar a Custódio (provavelmente o maior cancro do futebol portugês - sem nível para jogar no Mirandês, digo eu) numa fase eu que eu adorava os jogos do Sporting, tão mal que jogavam. Com um bom lateral direito no banco andou a inventar opções com centrais para o lugar. Carlos Martins andou meia época a distribuir pau e pontapés para o ar. Bueno jogou 10 vezes mais minutos do que merecia. enfim... Tardou de mais a perceber a qualidade (ou falta dela) dos jogadores do plantel.

Fernando Santos
A época inteira a jogar com 13/14 jogadores, depois queixam-se que estão rotos no final. É certo que o banco do Benfica não era de excelência, mas podia ter sido muito melhor aproveitado. Miguelito é um jogador bem decente (tanto a defesa, como a médio) que não deve ter chegado a jogar 200 minutos. Manú também. E o início cheio de força de Paulo Jorge, que nunca mais jogou... Mantorras merecia muito mais tempo. A insistência na nulidade do nuno gomes foi tripante. E depois o mercado de Janeiro - um horror... Dispensar Kikin Fonseca para contratar Derlei, que ainda nem cheirou. Deixar o Nelson como único lateral direito, que o levou a relaxar e fazer um final de época penoso. Foi, praticamente sempre, um desastre nas substituições. Tinha que ter ganho ao Porto na luz!

1 Bitaite:

Paulo Alemão mandou o bitaite...

Penso que infelizmente o campeonato está ganho pelo Porto. :(