segunda-feira, janeiro 29, 2007

De ficar a ver estrelas ou edite essa frase....

Disparate do mês :

Na 2 há cerca de uma hora, o tema alterações climáticas:

(Edite Estrela)- Temos de estar conscientes das consequências das alterações climáticas. Basta para pensar acontecimentos recentes como furacões e TSUNAMIS…

Asneira tremenda que deve estar relacionada com falta de atenção distracção...admito que a euro-deputada saiba que o tsunami é um fenómeno geológico que muito pouco terá a ver com o clima… Irrita-me,muito, é ver que quando alguém se engana na concordância do verbo com sujeito, pouco mais tem de esperar do futuro que não os anátemas de ignorante ou analfabeto; enquanto um erro cientifico grave vê-se normalmente correspondido com a condescendencia geral. Ora a língua é essencialmente um meio não um fim: É desejável que se fale bem, sobretudo por questoes de musicalidade e harmonia do discurso, mas o fundamental é que a mensagem que se pretende expedir chegue na integra aos destinatários; já um erro cientifico está relacionado com uma má compreensão do real o que é bastante mais importante.

Doutra forma: parece-me bem mais ignorante o professor Marcelo ao dizer que « a média dos exames de matemática é negativa o que significa que mais de metade dos estudantes teve negativa» que o perplexo Telmo do big brother quando discorre sobre as «órgias».

5 Bitaites:

Tóchã mandou o bitaite...

Muito bem!!! Apoiado !!! pricipalmente no "Ora a língua é essencialmente um meio não um fim" que, além de presentemente me ser uma frase muito querida, a riqueza de uma lingua concerteza não será de todo a sua gramática mas sim tudo o que consigas expressar através dela, principalmente com atentados à sua gramaticidade que afinal, e na minha opinião, não será mais nada do que uma ferramenta para aprenderes uma lingua...
Depois de a teres minimamente amestrada "Fuck the gramatica, I Got the Portugues (frances, ingles, eslovaco...o que seja)"

Atenção que existem essencialidades nesta coisa toda.

Já agora e se é disto que falamos (sim...eu e tu desdish), um grande BBBBBBBUUUUUUUUUUUUU para essa coisa agramaticada do ESPERANTO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

E que bom é brincar com virgulas e pontos de exclamação, imagina-te tu num mar apenas de virgulas e pontos de exclamação...o bom que não era!!!

já agora... essa coisa dos tsunamis não tem nada a ver com climatologia, mas tenho ideia que poderá ter alguma genese na mineralogia...podes confirmar alemão?

Tóchã mandou o bitaite...

com ou sem edite a leccionar vamos ajudar a inglaterra e o mundo a terem o previlegio ao acesso à mais bela lingua do mundo, a nossa:

http://www.petitiononline.com/portsACP/petition.html

umaliçaodematematica mandou o bitaite...

El desdinchado permita-me discordar consigo e com o prof. Marcelo. Em 8 testes de notas 11, 11, 10, 10, 10, 10, 2 e 1, a média é 8.125, ou seja, negativa. Mas, no entanto, apenas 25% dos alunos teve negativa!! A média é uma medida de localização muito sensível a valores muito dispares...

el desdichado mandou o bitaite...

Uma lição de português:

É evidente que o comentário do professor marcelo está errado daí eu dizer que ele era ignorante-este erro do marcelo é alis muitas vezes citado em congressos de professores da matemática e eu costumo dá-lo nas minhas aulas como exemplo dos cuidados que se deve ter com a estatistica...Se aliás te tivesses dado ao trabalho de ler o resto do artigo poder-te-ias aperceber que ele versava precisamente erros cientificos... Tinha em mente mostrar que os erros cientificos (como o do Marcelo)
são mais graves que erros de Potuguês (como o do Telmo do Big Brother- repara que orgias está mal escrito)... Ironicamente a tua alegada lição de matemática serviu para me convencer da importãncia das lições de português

matematicoquenaosabelerportugues mandou o bitaite...

O Sr. tem toda razao. De facto, li o post na diagonal e daí a minha confusao... Pelo que peço desculpa. É um bom exemplo para ser dado nas aulas... e de extrema importãncia...