domingo, novembro 20, 2005

Crónicas Lombares

Como gostaria de ter esta ideia mais cedo! Escrever sobre o quotidiano que ensombra esta casa certamente daria um bom filme com direito a sequela! As personagens aqui descritas são eloquentes, quando se juntam o devaneio passa a ser a palavra de ordem! Trabalho e produtividade são conceitos que parecem desconhecer! E quando alguém tenta introduzi-los ficam paralisados como se o fluxo da conversa estancasse num dique de abstracção! Para fugirem a este estado só existe uma solução viável! Uma bomba de mau cheiro para pulverizar o ambiente e traze-los de volta ao seu universo Cardinali! Realizar tal acto provocará uma ruidosa gargalhada entre os presentes! Excepto um, o temível unionista laranja que se recusa participar neste ritual perfumado apesar das várias tentativas frustradas de o fazer membro honorífico com direito a cartão inclusive!
Os dias vão passando, o trabalho vai-se acumulando, e a único projecto viável é enlouquecer! Não existe alternativa, a deusa loucura instalou-se cá em casa! E todo vós que tivestes o prazer de visitar estas varandas, de uma maneira ou de outra, já foram tocados por ela! Sim, porque como poderia a deusa loucura dar epíteto mais digno aos seus oradores, aos iniciados nos seus mistérios aquando da entrada nesta casa? Que vos parece?
Que seria desta vida, se é que de vida merece o nome sem os prazeres da loucura? Oh…! Vós me aplaudis verdade? Não será a loucura o mesmo que sabedoria? Dizei-me se há, acaso um só dia na vida que não seja triste, desagradável, fastidioso, enfadonho, aborrecido quando não é animado pela loucura!

E para vos provar que tenho razão vejam este exemplo! Acabei neste momento de receber uma SMS que ditava o seguinte: Como é hoje? Vamos ao Delight?
O Delight para aqueles que desconhecem é o bar que veio substituir o antigo Alcântara cujo nas noites de domingo o fino custa a módica quantia de 50 cêntimos. É ou não uma loucura?

7 Bitaites:

martUxah_* mandou o bitaite...

50 CÊNTIMOS?!
ISSO É XCELENTE! =)
Qto "às crónicas lombares" ---» LLol!
Tempo das castanhas all3z! Xkeceste te de mencionar esse pormenor!
LLol!
Mas enfim...lá vais melhorando [não...! Não é do problema relativo ao ambientador k usas em casa...pk isso é CRÓNICO! ]...tou a falar do texto...só te falta uma vírgula aki i além, i tal...LOLOLOLOLOL! Tou no gozo!ker dxer...falta...! Mas tipo...se tivess sido feito por mim faltava mtoo mais!
*********

1 - 0! =( BrRrRRrRrRrRrR!!

mauricio mandou o bitaite...

A loucura voltou a reinar na Coimbra adormecida.
O Delight, essa capela de domingo à noite, onde a côngrua se faz pela metade…
onde a insensatez começa quando o grau alcoolémico já é elevado
a música, as pessoas, elas, o álcool, o tabaco, as luzes tudo parece conjugar-se para que a loucura perdure, comece e recomece – enfim que nunca acabe

São 4:30 já não nos servem…ainda há tempo para uma lambreta…
Vou para a rua… pareço que estou a entrar no filme Guerra das Estrelas, tal não é a espada de Jedi …
A espada quebra…andamos à porrada…deito-me no chão exausto…vou para as varandas…não me lembro do percurso (acho que ninguém se lembra)…
A loucura não vai desaparecer assim tão facilmente da minha vida!
Ainda bem!!!! acho eu

Anónimo mandou o bitaite...

isso nao vale nada!delight!!!por favor, mais um bar de betos e putos!vai durar tanto qt o anterior!

residente das varandas mandou o bitaite...

Foi o que se previa! Mais uma noite louca nesse afamado bar de seu nome delight!
Depois de uma breve passagem pelo tapas onde alguns elementos se abasteceram de marisco, as tropas caminharam com um ar triunfal para o cenário de guerra!
Os nossos adversários ficaram aterrorizados com a nossa presença! Jovens, esbeltos, ricos, e com uma vontade de beber tremenda! Jet Lee, Nicole, vocês sabem do que eu estou a falar! Fomos brindados com a presença de Nuno gémeo e Ana Cunha que estavam pasmados com a evolução destas gentes! A noite acabou com caixotes do lixo a rolar pela estrada, lâmpadas florescentes que serviram de espadas jedi, orgias de vómito e muita, muita porrada!

amante mandou o bitaite...

Como é velho? o pessoal está é ansioso por saber se foste ou não ao Delight, e o que se passou por lá. Vem na próxima crónica?

Luke mandou o bitaite...

A frequência seria no dia seguinte! De costas voltadas para o televisor diria que no ecrã rolava agora bem alto uma das obras da trilogia do LUCAS.Qual nao foi o meu espanto, quando ao voltar-me para trás ,dou de caras com o aparelho desligado. Num impulso, auxiliado por um arrepio gelado, que me percorreu o corpo, cravei as unhas na cadeira enquanto aguardava pelo regresso de um rasgo de lógica ao meu cérebro. Devagar pego num candeeiro e percorro a casa a medo, divisão a divisão, enquanto cada vez mais o medo se transformava numa curiosidade insaciável que me deixava irrequieto. Foi entao que me dirigi à janela entreaberta do meu quarto, e espreitei, como um fugitivo encostado a uma parede, entre as cortinas. O que vi, jurei guardar só para mim, e ainda hoje o meu sono sofre de assaltos de memória que tento a todo o custo,e cada vez mais, afogar em alcoól. Vi dois homens, cada um com um sabre de luz, de baixo consumo, loucos de raiva, a combater, por aquilo que ouvi, pelo Trono da Escócia. Entre gritos e uivos de dor, no meio da rua coimbrã, os sabres brilhavam e reflectiam o amarelado dos candeiros. A demanda comum, essa raiva que lhes emanava dos gritos, eram os motores da alma, e ao mesmo tempo o que impedia a razao de penetrar naquelas mentes. De repente, entre golpes e investidas um dos sabres quebrou deixando desarmado um deles. Nao perdendo tempo atirou-se contra a espada tentando agarrar o adversário. Foi entao que a luta começou com os corpos, pelo chão, naquela rua coimbrã. Os meus olhos nao queriam acreditar. Tinham chegado perto da entrada do meu prédio, estavam cegos de loucura, lutando com uma força que me impressionava e quebrou-se a outra espada. Estavam golpeados, cansados, e ambos derrotados. Foi então que vi aquilo, do cimo da rua e a descer desenfreado, vinha um animal louco, sim era um animal, nenhum humano ruge assim. Nas mãos por cima da cabeça, trazia um objecto preto e pesado que arremessou contra os pretendentes ao trono causando o espanto destes. Esquecendo por uns instantes o trono investiram contra a besta auxiliados pelo o que parecia um homem gigante, a tentaram agarrar, prendê-lo, tudo em vão. Cansados de tudo isto e tirando um dos espadachins, todos os intervinientes desta história, deitaram toda esta loucura garganta fora, em forma de um liquido espesso que arremessaram para a frente. A loucura tinha terminado. Ainda ouvi tocar a campainha, à qual reagi com um salto, mas pode ter sido engano.
Existe na minha rua uma livraria, um tasco e um bar bonito. Porque nao foram estes homens para o bar, que penso que estava aberto aquela hora, em vez de se terem destruido sem compreensão, sem motivo, sem respeito...estou louco, mas a verdadeira loucura, a raiva, o sentimento estiveram ali em forma de gente...

desordeiro mandou o bitaite...

@ amante

eu não, prefiro saber a receita da muamba de galinha das roças, ou mais umas hilariantes anedotas!
não sabem anedotas de alentejanos..hi hi hi hi, só a ideia já me faz rir.