quinta-feira, dezembro 14, 2006

Fui trocado por outra…

Já que estamos próximos do Natal vou-vos falar numa experiência que me aconteceu num dos últimos natais.

Esta experiência não me deu para pensar na altura mas agora que ando numa de reflectir sobre o passado, chegou a vez deste novo saber…

Era dia 26 ou 27 de Dezembro e eu como lá em casa tinha de justificar as minhas saídas para Coimbra lá disse que ia fazer um qualquer trabalho dum qualquer software em voga na Computação.

Chegado a F., apanhei um táxi para ir ter com a minha nova aventura, depois duma longa viagem nada melhor do que um banho reconfortante a beber um Terras de Xisto na temperatura indicada e mais, com a companhia à altura de tal composição.

Saciei logo a minha vontade de… beber! Por acaso ela até tinha muito bom gosto (se calhar devido à idade: para aí 39, mãe de uma filha). Senti-me um verdadeiro puto quando experimenta um brinquedo novo mas, ali não eram os brinquedos que eram novos mas sim a brincadeira! De facto, uma mulher mais velha permite-nos novos desafios e novas formas de prazer.

Chegado a noite, lá fomos nós jantar com umas amigas delas mais novas e por sinal bem giras..de facto, rodeado de tais musas num jantar com tanto propósito senti-me por momentos nas nuvens (sensação que já tinha experimentado de tarde naquela banheira magnifica graças aos irmãos Jacuzzi).

Estranhamente, ou não, ficamos os dois e mais uma amiga. De facto, na altura nem me pareceu muito esquisito irmos os três para casa…mas o álcool também não é muito lúcido.

Conversa para aqui e para ali e viajei para o quarto meio nu ou meio despido..já não me lembro… Lembro-me sim quando ela me sussurra ao ouvido: tenho uma surpresa para ti mas promete que não ficas chateado! E eu lá prometi… e no abrir de olhos seguinte ali estavam as duas só. Sei que a noite foi longa, única e meio amalucada… mas devo dizer que gostava de repetir e aconselho vivamente!!!

Mas agora penso… porra é bué de injusto a competição entre um homem e uma mulher por uma mulher… Elas conhecem tão bem o corpo da outra (dass elas têm um igual) sabem onde lhes dá mais prazer, sabem onde devem tocar… já sei nós também, mas é muito mais fácil para elas. E se não é só o físico que elas conhecem também são os problemas que afligem esta nova mulher moderna: o problema de no emprego ter de ser melhor que o homem que está ao lado, chegar a casa e não ter a compreensão do homem que só pensa em: “Qual é o jantar?”; tratar dos filhos; tratar da casa; tratar da roupa… tratar, tratar, tratar e ainda tratar da sua beleza para não parecer uma desleixada para que o homem não a troque pelo primeiro rabo de saias que lhe apareça à frente

Injusto? Se calhar não é o melhor adjectivo mas é o que me ocorre. E nós homens senão tivermos cuidado, ainda vamos dizer: Fui trocado por outra…

Moral da história:
Quando é que as mulheres começarão a ter a intuição de que acima de todas as infidelidades está a verdade, ou seja, a fidelidade a si mesmas, e que marido, filhos e países não são nada perante isso?

7 Bitaites:

Júlio Machado Vaz mandou o bitaite...

Moral da história: continuas a ser um garoto com a mania que é adulto ... não percebes puto de sexo e da vida ...
Se calhar eu também não ... mas já publiquei uns livritos ...
Podes sempre ler este

Olhos nos Olhos - Histórias de Sexo e Vida (Dom Quixote, 2003)

e ser leitor assíduo do blog :
http://murcon.blogspot.com/

Boa sorte!!!!
Atenção aos plágios... já me bastou a Clarinha Pinto Correia

membro filiado e ex-presidente da AAET(Associação Anti Extra-Terrestres) mandou o bitaite...

Se eu fosse a ti mudava era de planeta q com essa maneira de ver a vida não pescas nada do planeta Terra e muito menos dos seus seres mais maravilhosos: as mulheres!Sugiro q experimentes outra orientação sexual provavelmente serás mais feliz! Não prevejo muita sorte com o sexo feminino e dá para perceber que não tens tido muitas experiências realizadas e de cumplicidade!...Uma vez q é difícil a mudança de planeta, sugiro q experimentes com homens... além de ser ultra-moderno pode ser que caias mais na real e te deixes de tanta fantasia!!! Ou então encara uma de solitário e pratica sexo contigo mesmo (compra uma boneca insuflável, por exemplo...)tens sempre a vantagem de não "matutares" tanto com o que nunca vais conseguir ou realizar e assim, evitas a fustração pessoal e diminuis a probabilidade de contraires doenças sexualmente transmissíveis! São várias alternativas para poderes deixar de escrever tanta fantuchada e de poderes ser mais feliz!

O q nunca fui trocado por Outra mandou o bitaite...

É triste uma gaja precisar de outra para se satisfazer! Tirando as putas e ninfomaníacas nunca lido tanto disparate na minha vida!Ou essa trintona era meio anormal ou não davas conta do recado! Realmente concordo que isso é uma imaginação enaltecida por muita fustração sexual e pessoal! Porque não procuras ajuda médica?? Até já o Machado Vaz se ofereceu! Aproveita!

há muito que não sabia de ti mandou o bitaite...

Pensei que tinhas sido trocado por outro... não por outra... mas ainda bem que me actualizas ...

corno manso mandou o bitaite...

Menos mau ser rocado por outra, se fosse por outro era pior!

macho mandou o bitaite...

desculpa..podes voltar a explicar???

santo mandou o bitaite...

Os homens cometem sempre o mesmo erro. Têm demasiada imaginação para contar historinhas da carochinha acerca de sexo aos seus amigos. E quando as historinhas são mesmo verdadeiras, ninguém acredita porque são apregoadas aos 7 ventos. Mas cá para mim, o que queres mesmo não é contar aos teus amigos mas a uma ex-amiga... Mas olha... o verdadeiro prazer é rir sem que o(a) outro(a) imagine tal. Quando tal acontecer, aí sim, vais ver que não precisas de ser o joão ratão.