segunda-feira, março 26, 2007

O Paioooooooooooooooooool - Parte 2

Este vídeo, tirado do prédio onde vive o Alexandre, mostra bem como o governo moçambicano, tal como todos os restantes países com matriz socialista, resolvem algumas das suas questões pendentes.

A este país acrescente-se o facto de ter sido uma das colónias portuguesas, pelo que estes 32 anos (a 25 de Junho), apenas tiveram o condão de refinar ou por outras palavras de os moçambicanizar, algumas das melhores características portuguesas, como o da extrema desorganização, falta de pontualidade, baixa competitividade\produtividade, e outras.

Por outro lado, e pese o facto (ainda não percebi) de ser dos poucos países de África que cresce quase a dois dígitos, a sua esperança média de vida, ter passado em cinco anos dos 64 para os 45 e em 2010, fazer companhia ao Botswana (se ainda existir) e passar a ser de 34 anos.

Por isso, aqui o lema "carpe diem" é seguido ao extremo e não é novidade para ninguém que tivesse acontecido o que aconteceu.

De referir ainda, que esta não foi a primeira vez, mas sim a terceira e sempre no mesmo paiol com a agravante da segunda, ter sido há dois meses atrás, ainda que, não com as mesmas proporções.

Finalmente relembre-se que dois dos objectivos do Milénio a cumprir por Moçambique, é o de reduzir a taxa de incidência do vírus HIV e de reduzir o nível de pobreza extrema.

Assim e como já estava previsto a destruição de parte do armamento considerado obsoleto armazenado no paiol em questão, tendo sido disponibilizadas algumas verbas para o efeito, julgo não ser preciso dois dedos de testa para juntar dois mais dois:

  1. O armamento destruiu-se (logo a verba irá financiar alguém na compra de mais um imóvel, ou na participação como accionista de uma qualquer empresa). Por outro lado será impossível aferir se alguma parte não teria sido roubada, ou por outras palavras se chegou alguma vez a ser comprada (paga foi de certeza).
  2. A maioria das vítimas (senão todas) eram pobres - assim a taxa de pobreza vai-se diminuíndo progressivamente.
  3. Como os conjuntos dos pobres e dos seropositivos não são disjuntos, alguns seropositivos também morreram, e assim também se pouparam alguns retrovirais para outros pacientes e o objectivo vai-se cumprindo.
  4. Duas alas do hospital psiquiátrico do Infulene ficaram totalmente destruídas. Por azar ainda trabalha neste hospital (ainda não morreu!) um funcionário que se recorda da explosão de 1985 e conseguiu evecuar os malucos das alas! Estatisticamente tal acção foi um erro e como tal, espera-se que seja severamente punido. A ideia era eliminá-los, visto serem um fardo no OE (60% provém do exterior).

Finalmente relembrar que os deputados Moçambicanos decidiram de forma unânime doar um dia do seu parco salário declarado (cerca de 600 euros), para ajudar as vítimas do paiol. Afinal sempre são 27 euros (1000 mt), salário mensal de uma empregada doméstica e que para muitos é mais do que ganhariam num ano (mortos e desempregados de longuíssima duração (desde que nasceram-presente)).

É sem dúvida um gesto extremamente magnânimo!

Depois e a acompanhá-los os parolos da cooperação portuguesa decidiram doar 3 toneladas de medicamentos, pelo que cada ferido (oficial) terá direito aproximadamente a 10 kg de pomada e afins. Pena foi terem-se esquecido dos milhares afectados pelas cheias de Janeiro e Fevereiro, mas convém lembrar que a tragédia ocorreu a 1200 km de Maputo e o raio de acção da cooperação portuguesa é de cerca de 30 km em redor da embaixada.

life goes on

From Maputo with love

E. Sincero

P.S a próxima crónica será no dia 31 data da implosão do prédio 4 estações. A ver vamos se corre bem.

6 Bitaites:

Pezarat Correia mandou o bitaite...

Tenho duvidas se se trata mesmo de Maputo, eu diria que essas imagens foram captadas aquando da invasão do Iraque pelos americanos, aliás há um predio que reconheço como sendo um dos hoteis mais conhecidos de Bagdad.

apartaide mandou o bitaite...

"tal como todos os restantes países com matriz socialista, resolvem algumas das suas questões pendentes"

Muito bem, apoiado! Deixei-nos entrar que nós dizemo-lhes como é que se faz!

zimbawe rules mandou o bitaite...

"tal como todos os restantes países com matriz socialista, resolvem algumas das suas questões pendentes"

Apoiado
não, nós é que lhe dizemos! este territorio é nosso e fazemos como fizemos aqueles bifes cultivadores de couves!!!

conocrrente feminina de "a bela e o mestre" mandou o bitaite...

Mas um paiol não é uma fabrica de paios? Entao nao devia ter morrido gente, eles fazem paios com casrne de pessoas? Ai que chique, há prai tanto gajo a dizer que me comeu, mas fumada e fatiada aposto que ainda nao...

moçambicano sensato mandou o bitaite...

Ernesto Sincero a presidente de Moçambique. Já!!!

Portugues Sincero mandou o bitaite...

Ernesto volta, o teu pais precisa urgetemente de ti!!!