domingo, janeiro 29, 2006

A propósito...



BANHO DE BOLA!!!!

Como quem chama por ele, Liedson fez duas vezes o seu tradicional gesto de celebração. Foi o corolário de um jogo em que os leões inundaram a Luz comum futebol vivo e dominador.

Koeman: "Não criamos nenhuma oportunidade de golo!"

7 Bitaites:

Gil, poeta mandou o bitaite...

Mais um, este de imersão com hidro-massagem.

Palhaço Moretto mandou o bitaite...

“O Sporting foi feliz nas oportunidades que teve. A nossa equipa também teve oportunidades, mas o Sporting é que as concretizou..."

Koeman repeat mandou o bitaite...

"Não criamos nenhuma oportunidade de golo!"

Miguel Sousa Tavares mandou o bitaite...

Texto de 23-01-06


Mas, à falta de cotovelos portistas, temos mãos. Uma abundância de mãos, de adversários benfiquistas. Encomendei uma sondagem à Euroteste: nos últimos 30 jogos da Liga (o que abrange também a parte final do campeonato do ano passado), 90 por cento das mãos ou supostas mãos sancionadas dentro das áreas resultaram em penalties a favor do Benfica

Aínda o Miguelito mandou o bitaite...

O campeonato está na sua fase decisiva, em que quem se destacar agora tem todas as possibilidades de já não ser alcançado. Sábado joga-se o Benfica- Sporting, domingo o Rio Ave- FC Porto. Pois foi justamente nesta altura que a FPF engendrou um acontecimento chamado Torneio Vale do Tejo, em que a Selecção B de Portugal (uma coisa que nem sabíamos que existia) vai ter de defrontar, entre quarta e sexta-feira próximas, umas obscuras selecções do Leste. Convocados para este importantíssimo torneio estão quatro jogadores do Sporting, todos eles titulares habituais, e cinco do FC Porto, entre os quais o decisivo Ricardo Quaresma.Do Benfica... nenhum. Segundo explicou o seleccionador, oManuel Fernandes, por exemplo, «está debilitado fisicamente e nos próximos tempos nem sei se posso contar com ele». Será o mesmo Manuel Fernandes que, no sábado passado, jogou a partida inteira contra o Gil Vicente

pregador do obvio mandou o bitaite...

sim miguel tavares. dizes palavras pouco sábias, apenas relatas o obvio, mesmo assim não há maneira de se assimilarem, de apenas, dentro de um conjunto de acções sucessivas e unidireccionais, com padrões bem definidos, reconhecerem que realmente existe alguma mão nisto tudo. mão essa que costuma mesmo aparecer in-loco muitas vezes por aí, sobejamente até nas areas adversárias da vitória, a vitória forçada a aterrar no estádio da luz, essa também bastante materializada, à vista de todos, entre aplausos. Mas não tenhamos duvidas, essa(s) é(são) uma(s) vitória(s) escravizada(s)!!!

João Paulo Branco mandou o bitaite...

O futebol português mete-me NOJO!!!!!